top of page
  • Foto do escritorBlog Pro Luster

Parte queimada da Amazônia vira circuito em Rally de elétricos



A recém lançada Extreme E (Rally de Elétricos), terá sua edição inaugural em 2021 e pretende promover sua segunda corrida em uma parte danificada da floresta Amazônica no Pará, na região de Santarém. O novo campeonato vem ao Brasil com o objetivo de promover a preservação dos ecossistemas e a conscientização ambiental.

O anúncio foi feito por Alejandro Agag, CEO da categoria: “A Extreme E pretende utilizar sua posição como um esporte revolucionário de classe mundial, como uma ferramenta para lançar luz nos problemas enfrentados por nosso planeta e seus ecossistemas únicos”, explicou Agag.


O carro utilizado na Extreme E também já foi definido pelos organizadores. A Spark Racing Technology foi a empresa responsável pelo desenvolvimento do protótipo.

O veículo, que possui estilo SUV tem 1.650 kg. O carro conta com motorização elétrica que gera até 500 cavalos de potência. Com essa mecânica, os modelos que irão percorrer as áreas queimadas na Amazônia podem atingir de 0 a 100 km/h em apenas 4,5 segundos.


43 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page